ACHMG
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
1

Barão de Cocais

Região das riquezas

Sítio Arqueológico da Pedra Pintada


O sitio Arqueológico Pedra Pintada situa-se na Vila Colonial de Cocais, a 3,5 Km de Barão de Cocais (93 Km de Belo Horizonte). Localizada a 1070 m no nível do mar, a região faz parte do conjunto montanhoso da cadeia do Espinhaço, cuja importância ambiental foi reconhecida pela UNESCO em 2005. O primeiro a identificar o valor cultural das pinturas rupestres foi o dinamarquês Peter Lund, responsável por muitas das pesquisas arqueológicas de Minas Gerais. Mais recentemente, o Sítio foi objeto de estudo de pesquisadores da UFMG, em conjunto com CNPQ.

Mais recentemente, durante dois anos, os grandes painéis compostos por cenas de diversos animais e símbolos, registrados em diferentes estilos de grafismos, foram estudadas pelas historiadoras Alexandra Simões Siqueira e Janaína Fonseca Mota. As 122 pinturas foram feitas com pigmentos minerais, basicamente o ferro, divididas em três painéis, onde predominam os animais: macacos, veados aracnídeos, aves, mamíferos, peixes, além de armas com lanças e pontas de flechas.
Pelo fato da maior parte das representações aludir a animais de caça, poderiam referir-se a técnicas de obtenção de alimentos ou a rituais religiosos. A localização das pinturas descarta um objetivo ornamental.

A sua característica naturalista nos leva a associá-las à magia, com representação de animais da fauna da região em figuras lineares e bidimensionais. O local apresenta características ritualísticas, e não parece ter sido usado para moradia no passado.
O Sítio Arqueológico está localizado em área particular, mas está aberto à visitação mediante pagamento de uma pequena taxa.