ACHMG
0
0
0
0
0
0
0
0
1

Conceição do Mato Dentro

Região das histórias

História e Palavra do Prefeito

História de Conceição do Mato Dentro

 

Assentada sobre a Serra do Espinhaço, o município de Conceição do Mato Dentro ocupa uma área de 1.618 km², compreendendo, além do distrito-sede, os de Brejaúba, Córregos, Costa Sena, Itacolomi, Santo Antônio do Norte (Tapera) e São Sebastião do Bom Sucesso (Sapo).

Registrada a história que um grupo de bandeirantes, partindo de Sabará em janeiro de 1701, sob chefia do Coronel Antônio Soares Ferreira, atingiu ao fim da jornada a região conhecida como Ivituruí ou Serro Frio aí descobrindo o ouro. Alguns desses sertanistas, entre eles Gaspar Soares, Manuel Corrêa de Paiva e Gabriel Ponce de Leon, resolveram, no entanto, prosseguir a marcha em rumo sul, ultrapassando a Serra do Itapanhoacanga até alcançar as margens do ribeirão Santo Antônio, onde também encontraram ouro. Constatada a abundante ocorrência de ouro, decidiram fixar-se, dando início ao povoado que viria a ser depois a cidade de Conceição do Mato Dentro.

Estabelecido com sua gente junto a essas novas lavras em 1702, Gabriel Ponce de Leon tomou a si a iniciativa de erguer, no mesmo ano, uma capelinha dedicada a Nossa Senhora da Conceição.

A quantidade de ouro produzida na região propiciaria a seus habitantes meios para construir, ao longo do século XVIII, nos vários arraiais, igrejas e capelas ornamentadas no mais bom gosto artístico, que documentariam para a posteridade a relativa riqueza econômica local à época da mineração.

A Matriz de Nossa Senhora da Conceição obteve desde 1709 o privilégio de ser provida de vigário encomendado, embora subordinada à freguesia do Serro até 1725, quando efetivamente se tornou paróquia autônoma. A elevação da vila à categoria de cidade se deu pela lei nº 553, de 10 de outubro de 1851, com a denominação de Conceição do Serro, nome alterado para simplesmente Conceição em 1925 e Conceição do Mato Dentro em 1943.

Conceição experimentou lento processo de desenvolvimento até 1930, quando a ligação rodoviária com Belo Horizonte viria abrir outras perspectivas para o município. Os reflexos logo se fizeram sentir no comércio e na produção agropecuária, bem como no crescimento da cidade, que a partir de então começa a expandir-se em novos bairros e a equipar-se de melhores recursos urbanos. Segundo o Censo decidem fixar-se, dando início ao povoado que viria a ser depois a cidade de Conceição do Mato Dentro.

Ainda estamos preparando o conteúdo desta página.
Volte em breve e veja o que separamos para você