ACHMG
0
0
0
0
0
0
0
0
1

Conceição do Mato Dentro

Região das histórias

Publicada em: 29 de novembro de 2018

PRIMEIRA IGREJA DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO, FECHADA DESDE 2005, É TOTALMENTE RESTAURADA E REABRE AS PORTAS NESTE DIA 8 DE DEZEMBRO DE 2018


RESGATE DE 300 ANOS DE HISTÓRIA: PRIMEIRA IGREJA DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO, FECHADA DESDE 2005, É TOTALMENTE RESTAURADA E REABRE AS PORTAS NESTE DIA 8 DE DEZEMBRO DE 2018

Prezado Petrônio,

Você é nosso convidado para a cerimônia de reabertura da Igreja Matriz de Nossa Senhora de Conceição, no próximo dia 8 de dezembro, sábado, às 10h, em Conceição do Mato Dentro. A igreja tem mais de três séculos e estava fechada desde 2005. A reabertura da matriz totalmente restaurada acontece no dia do aniversário de 316 anos de história do município. Estarão presentes o arcebispo de Diamantina e bisco de Guanhães, Dom Darci José Nicioli, e várias outras autoridades eclesiásticas, políticos e principalmente a comunidade. A cerimônia acontece às 10h, com a Solene Entrega das Chaves da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, a Abertura das Portas e a Celebração da Dedicação da Igreja.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição começou a ser construída no início dos anos 1.700, sendo um genuíno exemplar do estilo Barroco. A obra levou 100 anos para ser totalmente concluída e sua história se confunde com o início da ocupação do município, que está localizado a cerca de 160 km de Belo Horizonte.

Em 2005, a igreja foi interditada devido às más condições de conservação. Em 2012, foi firmada uma parceria entre o Ministério Público de Minas Gerais, Prefeitura Municipal de Conceição do Mato Dentro, Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e Anglo American para a restauração da igreja. A empresa assumiu o investimento na restauração como medida compensatória pela atividade mineradora no município com a implantação do sistema Minas-Rio.

A restauração trouxe grandes descobertas, principalmente as pinturas originais da época da construção, que estavam encobertas por repinturas. Foram investidos cerca de R$ 8,5 milhões, sendo um dos maiores trabalhos de restauração já realizados no país.

“Agora, a alma de Conceição do Mato Dentro está sendo devolvida ao povo”, diz o prefeito do município, Zé Fernando Aparecido de Oliveira.

CONTAMOS COM VOCÊ PARA A DIVULGAÇÃO DA REABERTURA DA MATRIZ
Abaixo disponibilizamos sugestões de fontes e seus contatos. Assim como fotos e vídeo anexos, além de um texto com "Mais informações sobre a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição". Caso precise de algo mais, estamos à disposição. Ressaltamos ainda que será um prazer contar com sua presença na cobertura do evento de reabertura da igreja, no dia 8 de dezembro.

DIA 8 DE DEZEMBRO TAMBÉM ACONTECE O 1º FESTIVAL GASTRONÔMICO DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO
Também no dia 8 de dezembro, sábado, o município realiza o 1º Festival Gastronômico: Cachaça, Queijo e Cerveja/1º Seminário do Queijo Artesanal, como parte da programação de aniversário e como mais um atrativo turístico, que vai gerar renda e trabalho para a população local, divulgando as delícias do município. No dia 9 de dezembro, domingo, tem Edição Especial do Mercado Sabor & Arte, também no Mercado Municipal, a partir das 10h. Com muita comida boa e atração musical.
ATRATIVOS DE CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO
Além da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, Conceição do Mato Dentro possui vários outros patrimônios preservados. Na cidade também está o imponente Santuário do Senhor Bom Jesus do Matosinhos, que recebe fiéis de todas as partes, principalmente durante o Jubileu realizado em junho, quando o município chega a receber 60 mil pessoas. O Jubileu acontece há 231 anos e é uma das maiores festas religiosas do país.
MAIOR CACHOEIRA DO ESTADO
A beleza natural é outro grande atrativo que deu a Conceição do Mato Dentro o título de “Capital Mineira do Ecoturismo”. O município está inserido na Serra do Espinhaço, tombada como Reserva da Biosfera pela Unesco, e tem a maior queda d’ água do Estado - e a terceira maior do país - a Cachoeira do Tabuleiro. Com 273 metros de altura e formato remetendo a um coração, a Cachoeira do Tabuleiro recebeu o título do “Guia Quatro Rodas” de mais bonita do país.

CONTATOS:
- Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Conceição do Mato Dentro: (31) 3868.1219 | 99954.1792 | Regiane - 98451.3141 | Amanda - 98310.8610
- Prefeito de Conceição do Mato Dentro, Zé Fernando (31) 98866-2557
- Secretária Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico, Silvana Lages: (31) 99905.6212
- Cantaria Conservação e Restauro, Dulce Senra: (31) 99108.7187

CRÉDITOS FOTOS E VÍDEOS: Selma Aguiar/Ascom Prefeitura de CMD

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

HISTÓRIA
A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição levou aproximadamente 100 anos para ficar pronta. O início da sua construção está intrinsecamente relacionado ao surgimento de Conceição do Mato Dentro em 1702, durante o Ciclo do Ouro. A igreja começou a ser erguida por iniciativa do sertanista Gabriel Ponce de Leon, que mandou vir de Itu, São Paulo, em 1703, a imagem da padroeira. Em 1722, a capela-mor se encontrava pronta, mas as obras foram totalmente concluídas no dia 6 de novembro de 1802.

A matriz é considerada um genuíno exemplar do barroco mineiro. A estrutura da igreja é formada pela capela-mor com duas sacristias laterais e nave. Filia-se ao partido tradicional das Matrizes Mineiras da primeira metade do século XVIII. A fachada é composta por frontão triangular decorado com telhas de bica, que se repetem na cimalha em arco e duas torres salientes em relação ao corpo da igreja.

TOMBAMENTO
Passados três séculos do início da construção, a matriz sempre ocupou o lugar de um dos principais bens arquitetônicos do município, sendo tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1948.

INTERDIÇÃO
Em 2005, a matriz foi interditada devido a problemas em sua estrutura e conservação, sendo proibida a visitação do público. As celebrações foram transferidas para a Capela de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

RESTAURAÇÃO
Em 2012, foi firmada uma parceria entre o Ministério Público de Minas Gerais, Prefeitura Municipal de Conceição do Mato Dentro, Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e Anglo American para a restauração da igreja. A empresa assumiu o investimento na restauração como medida compensatória pela atividade mineradora no município com a implantação do sistema Minas-Rio.

O trabalho ficou a cargo da Cantaria Conservação e Restauro. Durante cerca de seis anos, dezenas de profissionais atuaram na matriz. O projeto incluiu a restauração arquitetônica e a restauração dos elementos artísticos. Houve revisão na cobertura pilares e fundação; instalação de sistema de segurança, parte elétrica, sistema contra raios e incêndios, projeto luminotécnico, entre outros. Foram investidos cerca de R$ 8,5 milhões. A parte externa também foi revitalizada, mantendo suas características originais.

DESCOBERTAS
A restauração da igreja matriz de Conceição do Mato Dentro, com a reabertura de suas portas no dia 8 de dezembro de 2018, proporciona resgate único para a comunidade.

Um dos principais resultados da restauração é trazer ao conhecimento público um rico acervo cultural, até então desconhecido, como pinturas de cenas religiosas realizadas no início dos setecentos. A descoberta das pinturas da época da construção da igreja, em excelente estado de conservação, traz uma grande contribuição ao patrimônio histórico cultural de Minas e do Brasil.

O principal trabalho foi a remoção da repintura confeccionada no início do século XX, precisamente no ano de 1933. Essa camada era bastante espessa e retratava uma imitação de mármore em tons de azul claro e ocres.

A remoção dessa tinta trouxe grandes revelações. Na capela-mor, os restauradores encontraram dez pinturas de passagens bíblicas contando a vida de Nossa Senhora e de Jesus: a Anunciação, a Visita a Santa Isabel, o Nascimento de Jesus, a Fuga para o Egito, a Circuncisão de Cristo e a Apresentação de Cristo no templo. Na parte inferior, foram identificados quadros com pinturas imitando azulejos portugueses, representando cenas do Batismo de Cristo, o Falso Pastor, o Verdadeiro Pastor e a Tentação de Cristo.

No forro da sacristia foram reveladas as três virtudes religiosas: fé, bondade e esperança e juntos os cinco sentidos: olfato, paladar, visão, audição e tato, além de chinesices - pinturas com traços asiáticos -, elementos artísticos muito raros encontrados no barroco mineiro.