ACHMG
0
0
1

Congonhas

Região das artes

Publicada em: 10 de abril de 2018

Turnê 2018 – Grupo de Serestas Descendo a Ladeira


Vozes em coro e melodias envolventes tomaram conta da Praça JK, na noite desta sexta-feira, 6, durante a apresentação do Grupo Instituto de Serestas Descendo a Ladeira, de Itabirito. No repertório, estavam canções clássicas, como “Chalana”, de Almir Sater, “O Cio da Terra”, de Milton Nascimento, e “Jardim da Fantasia”, de Paulinho Pedra Azul. Em um momento especial, membros do Grupo Orfeônico Ari Barroso, de Congonhas, se juntaram aos músicos para cantar “Carinhoso”, de Pixinguinha.
Em parceria firmada com a Associação das Cidades Históricas (ACHMG), que tem sede em Congonhas, o grupo já passou por Caeté e Santa Bárbara. As próximas cidades mineiras a receberem o Descendo a Ladeira são Campanha e Itapecerica.
O regente Flávio Bastos conta que, em dois anos, o grupo construiu um novo repertório e uma nova proposta. Assim, se apresentar em outras cidades é uma oportunidade de mostrar o novo trabalho. “Estar em Congonhas é um prazer enorme porque é uma cidade que temos no coração. É uma cidade muito interessante, que também tem uma parceria com Itabirito. Para nós é uma alegria”, completa.

A secretária municipal de Cultura, Míriam Palhares, agradeceu o diretor de Cultura da Prefeitura de Itabirito, José Carlos, e a secretária-executiva da ACHMG, Ana Alcântara, pela parceria: “É um carinho recebermos vocês aqui. Congonhas está sempre aqui de braços abertos para continuarmos essas parcerias e receber projetos tão importantes”.

Para o diretor de Cultura da Prefeitura de Itabirito, José Carlos Oliveira, esse tipo de parceria promove “um intercâmbio entre as cidades que fazem parte do circuito de cidades históricas mineiras. Levamos uma atividade cultural de Itabirito, mas também recebemos de outros lugares. É o turismo regionalizado”.

FONTE: Secom/Prefeitura de Congonhas