ACHMG
0
0
0
0
0
0
0
0
0
1

Diamantina

Região das histórias

Publicada em: 16 de outubro de 2018

Comemorações dos 20 anos de Tombamento de Diamantina pela UNESCO


Associação das Cidades Históricas e Rede Globo Minas fecham parceria para as comemorações dos 20 anos de Tombamento de Diamantina pela UNESCO

Na tarde desta terça-feira, dia 9 de outubro, aconteceu uma grande reunião na sede da Rede Globo Minas, em Belo Horizonte, entre a emissora de televisão, a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais e a Prefeitura de Diamantina. Participaram do encontro o Diretor Regional da Rede Globo Minas, Marcelo Ligere, o Gerente de Comunicação da Globo, José Amaro Siqueira, o prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, a secretária de Turismo de Diamantina, Márcia Bethânia, o diretor de Turismo de Diamantina, Alberis Mafra, e o presidente da Associação das Cidades Históricas, José Fernando Aparecido de Oliveira.

A pauta do encontro foi os preparativos das comemorações dos 20 anos de tombamento de Diamantina pela UNESCO, como Patrimônio Cultural da Humanidade. Na reunião ficaram acertados detalhes para o dia do lançamento das comemorações, um grande evento que será realizado em janeiro, com autoridades e representantes do Brasil e do mundo, na cidade de Diamantina, a veiculação de um VT comemorativo pela Globo, além de muitas ações e eventos que serão realizados ao longo do ano na cidade, culminando com a grande data do dia 19 de dezembro, quando Diamantina realizará uma das maiores festas de sua história, no dia dos vintes anos de seu tombamento.

O prefeito de Diamantina, Juscelino Roque, declarou que “estamos mostrando para os mineiros que preservar nosso patrimônio artístico, cultural e arquitetônico é um grande investimento para as cidades históricas, e é essa preservação que vamos comemorar com muita festa ao longo do ano de 2019, ou seja, os 20 anos que Diamantina passou a pertencer, com muito orgulho, à Humanidade. Então, estamos montando uma programação cultural, artística, de valorização da nossa história, do nosso acervo, dos nossos bem preservados, tudo isso com muita música e com inclusão cultural”, declarou feliz o prefeito Juscelino. O presidente da Associação das Cidades Históricas, José Fernando, lembrou “que Minas Gerais e o Brasil devem muito a Diamantina, pois ela é berço de nossa mineiridade e de nossa brasilidade. Então esses 20 anos de tombamento vem lembrar que a nossa cultura é a nossa alma, é o nosso diferencial, é o que nos faz ser conhecido e admirado pelo mundo. E é exatamente isso que vamos reafirmar com essas comemorações que se estenderão ao longo do próximo ano em Diamantina, tendo reflexo em todas as cidades da região que são ligadas pela Estrada Real”, falou entusiasmado o presidente José Fernando.