ACHMG
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
1

Itabira

Região das riquezas

Informações e Dicas

Dicas


Ainda estamos preparando o conteúdo desta página.
Volte em breve e veja o que separamos para você

Geoeconomia

Localização: Entre os paralelos 19° e 20° sul e meridianos 43° e 44° oeste. Paço Municipal: 19°37’S e 43°13’W. Datum SAD69.
Área de 1.254,49 km², sendo 1.193,48 km² (95,14%) e 61,01 km² (4,86%) a sua distribuição entre zona rural e urbana, respectivamente.
Relevo fortemente mamelomizado, com manto de alteração espesso.
Altitude Máxima: 1.662 metros no Alto da Mutuca, Serra do Espinhaço, na divisa municipal com Jaboticatubas e Nova União.
Altitude Mínima: 540 metros no lago formado pela construção da hidrelétrica de Dona Rita, no Rio Tanque, na tríplice divisa municipal entre Itabira,
Itambé do Mato Dentro e Santa Maria de Itabira.
Altitude do Paço Municipal: 719 metros
Hidrografia: Favorecida por suas características geológicas, geomorfológicas, e de pedologia, Itabira pode se considerar privilegiada na quantidade de
corpos hídricos em seu território, com seus leitos bem encaixados, quase todos nascendo dentro do próprio município. Os principais rios que compõem sua
rede de drenagem são o Rio Tanque, Rio Jirau e Rio do Peixe. Alguns cursos d’água fazem parte da bacia do Rio Santa Bárbara, que faz divisa do município
itabirano com São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade e Bela Vista de Minas.O município está inserido na Bacia Hidrográfica do Rio Santo Antônio e na
Bacia Hidrográfica do Rio Piracicaba, ambas tributárias da Bacia Hidrográfica do Rio Doce.
Clima: Tropical de Altitude.
Temperatura média: 20,3 °C
Temperatura média máxima: 25,4 °C
Temperatura média mínima: 15,0 °C
Temperatura máxima registrada: 38,2 °C em abril de 1929.
Temperatura mínima registrada: -0,4 °C em julho de 1926.
Pluviometria: de acordo com medições entre 1967 e 2008, chove anualmente 1.407,1 mm, em média, concentrados principalmente entre outubro e fevereiro.
(Fonte: SAAE, 2005)
Fonte: Carvalho, H.D; Brasil, E.R. Conjuntura socioeconômica do município de Itabira. Itabira: Funcesi, 2009.
Bioma: A maior parte da extensão territorial encontra-se na Mata Atlântica. Entretanto, em sua porção oeste, nas encostas da Serra do Espinhaço, apresenta
vegetação típica do Cerrado, o que caracteriza esta faixa como uma zona de transição entre estes dois biomas.
Geologia: Rochas do complexo granito-gnaissico do mesoarqueano em boa parte do município e no restante ainda ocorrem rochas proterozóicas do supergrupo Minas,
onde predominam quartzitos, itabiritos, conglomerados e filitos.
Fonte: Carvalho, H.D; Brasil, E.R. Conjuntura socioeconômica do município de Itabira. Itabira: Funcesi, 2009.
Pedologia: Predominância de latossolo vermelho-amarelo onda há ocorrência de granitos e xistos e em menor quantidade argissolos vermelho-amarelo. Onde ocorrem
as formações ferríferas, os latossolos vermelhos são muito comuns. Cambissolos aparecem nas encostas de maior inclinação e há ocorrência de neossolos na vertente
leste do Espinhaço, na região noroeste do município.
Fonte: Carvalho, H.D; Brasil, E.R. Conjuntura socioeconômica do município de Itabira. Itabira: Funcesi, 2009.
População total: 105.159 habitantes, com taxa de urbanização de 92%. (IBGE, 2007).
Densidade demográfica: 83,83 hab/km².
Taxa de crescimento médio geométrico 2000/2007: 0,96% (IBGE, 2007).
N° de eleitores: 81.819 (TRE-MG, 2008).
Índice de Desenvolvimento Humano (2000): 0,798
Fonte: Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, 2003

Política de Preservação

 

-  Patrimônio Histórico e Cultural

Segundo o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, patrimônio cultural é a soma dos bens culturais de um povo, que são portadores de valores que podem ser deixados para as gerações futuras. O patrimônio se apresenta sob diversas formas: os bens imateriais compreendem toda a produção cultural de um povo, desde sua expressão musical, até sua memória oral, passando por elementos caracterizadores de sua civilização. Os bens materiais se dividem em dois grupos básicos: bens móveis - são a produção pictórica, escultórica, material ritual, mobiliário e objetos utilitários - e bens imóveis - não se restringem ao edifício isoladamente, mas compreendem, também, seu entorno, garantindo sua visibilidade e fruição. No acervo de bens imóveis, que constituem o patrimônio de um povo e de um lugar, incluem-se os núcleos históricos e os conjuntos urbanos e paisagísticos, importantes referências para as noções étnicas e cívicas da comunidade.

Itabira conta com o Conselho Consultivo Municipal do Patrimônio Histórico e Artístico de Itabira – o COMPHAI, que é responsável, juntamente com toda a comunidade itabirana, pela preservação do patrimônio histórico, cultural, artístico e arqueológico do município de Itabira. Também são atribuições do COMPHAI propor as bases da política de preservação dos bens culturais de Itabira e contribuir para o tombamento de bens culturais.

São bens culturais que possuem tombamento municipal:
Decreto Municipal n° 1802, de 27 de março de 1998:

Calçamento da Rua Princesa Isabel,

Calçamento da Rua Major Paulo,

Conjunto arquitetônico e paisagístico da Usina Ribeirão São José (Zona Rural).
Decreto Municipal n° 2050, de 30 de novembro de 1998:

Capela São José do Macuco – Povoado do Macuco – Distrito de Ipoema,

Igreja Nossa Senhora da Conceição – Distrito de Ipoema,

Conjunto de paredões: Paredão da Rua Tiradentes com Rua Padre Olímpio;

Paredão da Rua Ipoema com Rua Dr. José de Grisolia;

Paredão da Praça Joaquim Pedro Rosa com Rua Dr. Guerra;

Paredão da Rua Coronel Linhares Guerra (Catedral)

Paredão da Avenida João Soares da Silva (Ermida N.S. do Rosário)

Conjunto arquitetônico e paisagístico do Areão,

Túnel do Colégio Nossa Senhora das Dores.

 

Decreto Municipal n° 2449, de 05 de abril de 1999:

Centro Histórico de Itabira, compreendido pelas ruas: Dr. Alexandre Drummond, Tiradentes, Guarda-Mor Custódio, Dom Prudêncio, Travessa Zeca Amâncio, Monsenhor Júlio Engrácio, Princesa Isabel, Major Paulo, Dr. Guerra, Major Lage e Santana. E pelas praças: Joaquim Pedro Rosa, do Centenário e Monsenhor Felicíssimo.

 

Decreto Municipal n° 3442, de 11 de maio de 1988:

Colégio Nossa Senhora das Dores, situado à Rua Santana, nº 235.

Residência situada à Rua Santana, nº 191.

Residência situada à Rua Santana, nº 165.

Residência situada à Rua Santana, nº 146.

Residência situada à Rua Santana, nº 107.

Residência situada à Rua Santana, nº 96.

Residência/Comércio situado à Rua Santana, nº 191.

Residência situada à Rua Santana, nº 81.

Delegacia de trânsito, situada à Rua Major Paulo, nº 10.

Futuras instalações do Departamento de Transportes e Tráfegos/SMDU/PMI, situada à Rua Major Paulo, nº 45.

Residência situada à Rua Major Lage, nº 176.

Residência situada à Rua Major Lage, nº 08, esquina com Praça do Centenário.

Residência e comércio situado à Praça do Centenário, nº 157.

Residência situada à Praça do Centenário, nº 137.

Residência situada à Praça do Centenário, nº 136.

Museu de Itabira, situado à Praça do Centenário, nº 116.

Residência situada à Praça do Centenário, nº 137.

Casa Paroquial situada à Praça do Centenário, nº 24.

Centro Itabirano de Artesanato situado à Praça Joaquim Pedro Rosa, nº 22.

Residência situada à Praça Joaquim Pedro Rosa, nº 14.

Residência situada à Rua Monsenhor Júlio Engrácio, nº 39 (em ruínas).

Residência situada à Rua Monsenhor Júlio Engrácio, nº 145.

Residência situada à Rua Princesa Isabel, nº 84.

Residência situada à Rua Dr. Guerra, nº 08.

Residência situada à Travessa Zeca Amâncio, nº 47.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 439.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 417.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 383.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 330/336/342.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 319.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 289.

Residência situada à Rua Tiradentes, nº 274.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 238.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 153.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 139.

Hotel situado à Rua Tiradentes, nº 113.

Comércio situado à Rua Tiradentes, nº 55.

Residência situada à Rua Tiradentes, nº 45.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 29.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 19.

Residência e comércio situado à Rua Tiradentes, nº 05.

Residência e comércio situado à Rua Dr. Alexandre Drummond, nº 237.

Casa do Brás, situada à Rua Guarda Mor Custódio, nº 156.

Residência e comércio situado à Rua Dr. Alexandre Drummond, nº 152.

Residência e comércio situado à Rua Dr. Alexandre Drummond, nº 117.

Residência e comércio situado à Rua Dr. Alexandre Drummond, nº 77.

Igreja Nossa Senhora da Saúde, situada à Rua Dom Prudêncio, s/n°.

Agências Bancárias

Banco Bradesco
Endereço: Rua Padre Olímpio, 144, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-3520 / 3831-3365
www.bradesco.com.br


 

Banco do Brasil
Endereço: Rua Tiradentes, 210, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-6720 / 3831-4043 / 3831-6423
www.bb.com.br 



Banco Itaú
Endereço: Rua Dr. Sizenando de Barros, 38, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-6090 / 3831-6833
www.itau.com.br



Banco Mercantil do Brasil
Endereço: Rua Tiradentes, 90, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-7001 / 3831-7003
www.mercantildobrasil.com.br


 

Banco Real
Endereço: Rua Tiradentes, 42, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-6200
www.bancoreal.com.br



Caixa Econômica Federal
Endereço: Avenida Daniel Jardim de Grisolia, 117, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-7040 / 3831-1025 / 3834-4380
www.caixa.gov.br


 

Unibanco
Endereço: Rua Guarda-Mor Custódio, 234, Centro
Telefone e Fax: 31-3831-6686 / 3831-7011
www.unibanco.com.br

Telefones úteis

Delegacia de Polícia Civil: 31-3834-6161

SAMU: 192

Cisne Transportes: 0800-2830708

Delegacia de trânsito: 194

Hospital Carlos Chagas: 3839-1600

Hospital Nossa Senhora das Dores/Pronto socorro municipal: 3839-1400

Bombeiros: 193

Estação Rodoviária: 3839-2170