ACHMG

Ouro Branco

Região das artes

História e Palavra do Prefeito

História de Ouro Branco

 

O povoado de Santo Antônio de Ouro Branco teve sua origem em fins do século XVII, provavelmente no ano de 1694, como conseqüência do processo de ocupação iniciado com as primeiras bandeiras que, subindo o Rio das Velhas à procura de ouro, desbravaram a região, assentando-se ao pé da Serra de Ouro Branco, também denominada, na época, Serra do Deus (te) Livre (tombada pelo IEPHA em 07/11/1978).

Os primitivos habitantes desta região foram os índios da tribo Carijós.

Os ex-integrantes da Bandeira chefiada por Borba Gato, Miguel Garcia de Almeida Cunha e Manuel Garcia, transpondo os altos da cachoeira de Itabira do Campo (atualmente Itabirito) descobre o ouro na falha radial da Serra, onde se encontram os mananciais dos Ribeirões da Cachoeira e Água Limpa. Tal descoberta não produz o rendimento esperado: Manuel e Miguel se desentendem e a bandeira se divide.

Manuel Garcia segue na direção Nordeste, indo dar com o rico córrego do Tripuí, descobrindo o "Ouro Preto", cor produzida devido à presença do Óxido de Ferro em sua composição.

Miguel Garcia, por sua vez, desce o vale do chamado "Rio da Serra", que corre para o Oeste, paralelamente à aguda escarpa da Serra de Deus Livre. Funda um povoado nessa região, após descobrir ouro de cor amarela, clara, produzida pelo mineral Paládio a ele associado, denominado "Ouro Branco" por simples contraste cromático aparente com o "Ouro Preto" do Tripuí.

Ouro Branco foi uma das mais antigas freguesias de Minas, tornada colativa pelo alvará de 16 de fevereiro de 1724, expedido pela Rainha Maria I, durante o governo de Lourenço de Almeida. Nesse período Ouro Branco já possuía considerável importância econômica pela prosperidade de sua população.

O ouro extraído em Ouro Branco era desprezível em relação à extração praticada em Ouro Preto. Por essa época, a má qualidade das jazidas auríferas e as dificuldades de exploração, advindas do primitivo processo utilizado, fazem atividade mineradora retroceder.

Palavra do Prefeito

 

Aqui neste site você vai conhecer a história de gente como a gente que ama Ouro Branco e que apóia iniciativas de fomento ao turismo para divulgar a nossa cidade. Temos um clima privilegiado e nossa região é um verdadeiro convite para contemplar a natureza. A Serra de Ouro Branco é nosso cartão postal e as montanhas de Minas deixam a paisagem ainda mais bonita. Plantada no coração da Estrada Real, Ouro Branco tem um dos seus mais belos trechos na ligação com o município de Ouro Preto.

Hoje estamos trilhando um novo caminho, assim como fizeram os bandeirantes em busca do desenvolvimento, no início do século XVIII. A rota foi aberta e o caminho velho para as minas de ouro construiu com arte a história da cidade e da peculiar Itatiaia.  O turismo em nossa cidade ganha fôlego com o fortalecimento dos maiores eventos da região como a tradicional Festa da Batata, Rally Internacional, Festival de Inverno, Ouro Branco Folia e de tantas outras atividades e manifestações culturais.

Agora a cidade da batata e do aço se transforma também em cidade universitária, com a chegada da Universidade Federal de São João Del Rei e dos futuros engenheiros e do novo Campus do Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG. Assim é Ouro Branco, uma cidade acolhedora que espera também por você.

Pe. Rogério de Oliveira Pereira
Prefeito Municipal